Toxoplasmose

Toxoplasmose, o que é?

É uma infeção parasitária causada por um protozoário, o Toxoplasma gondii.

 

Qual o ciclo deste parasita e como se transmite? Serão os gatos os principais culpados?

A transmissão ocorre através da ingestão de certos alimentos, dos animais para o homem (zoonose) e de mãe para filhos.

Para ocorrer transmissão desse parasita dos animais ao homem, tem de haver um animal infetado que esteja na fase de eliminação de oocistos ( a única forma parasitária capaz de infetar outros seres).

Por exemplo, um gato que contraia toxoplasmose é capaz de eliminar oocistos nas suas fezes por 2 semanas, sendo que esta eliminação ocorre apenas após contágio da doença. O parasita precisa estar no ambiente entre 1 a 5 dias para ficar infetante (isto é, esporulado), ou seja, antes disso não tem capacidade de infetar um humano. Porém, nem todos os gatos se encontram infetados! Estudos revelam que apenas 1% da população felina mundial é responsável pela disseminação da toxoplasmose.  Os gatos contraiem o parasita quando caçam ou se alimentam de outros animais infetados como ratos e pássaros.

Então, qual é a principal forma de transmissão?

As principais formas de contaminação ocorrem pela ingestão de carne crua e mal passada, ingestão de legumes, verduras e frutas mal lavadas.

Sabia que... em paises em que o consumo de porco é elevado as taxas de desenvolvimento de toxoplasmose são mais elevadas comparativamente a outros?

 

Qual o principal perigo associado a esta doença?

A  OMS estima que cerca de 50-60% da população mundial adulta está infetada com toxoplasmose, porém, não significa que estas pessoas estejam doentes, apenas pessoas com o sistema imune deprimido podem apresentam sintomatologia e desenvolvimento da doença.

Em grávidas, o maior problema surge quando estas são soronegativas para toxoplasmose, isto é, nunca contataram com o toxoplasma nem nunca desenvolveram anticorpos contra este, sendo o maior perigo representado pelo contato nos primeiros três meses de gravidez. Este parasita pode afetar e ser transmitido ao feto, levando a más formações congénitas, ou até mesmo ao aborto.

 

Mensagem a reter:

Para haver transmissão de toxoplasmose de um gato para um ser humano é preciso que o gato esteja na fase de eliminação de oocistos, e que a pessoa tenha contato direto com a caixa de areia e fezes do animal nos dias em que estes estão esporulados.

 

Informe-se antes de tomar qualquer decisão, não há motivo para abandonar o seu gato. Uma boa higiene é a melhor medida para prevenir a toxoplasmose: proteja não só a sua vida, a da sua futura família, mas também a dos seus animais de estimação!